Terça-feira, 26 de Maio de 2009
Perfume de Muamba

Hoje, é o Dia Europeu do Vizinho.

Já não existem vizinhos. Existem pessoas que moram perto umas das outras, na mesma rua, no mesmo prédio, no mesmo andar. Mas já não existem vizinhos. Eu não me lembro de ter um vizinho, um vizinho mesmo. Um vizinho a quem pudesse pedir ovos e sal quando necessitado. Pensando bem, nunca precisei assim muito de ovos e sal. Mas, mesmo que precisasse, seguramente que não pediria a um habitante do meu prédio. Porquê, se é tão mais fácil? Porque não são meus vizinhos.

Os meus vizinhos mais próximos são angolanos. A bandeira que ostentam orgulhosamente na entrada de casa - e que se consegue discernir porque mantêm sempre a porta aberta para escoar o cheiro da comida - não engana. É um casal com dois filhos, parece, mas multiplicam-se. Todos os dias vejo um angolano diferente a entrar ou a sair daquela casa. Começo a desconfiar que Angola se mudou toda para o meu prédio, e as minhas suspeitas vão-se confirmar quando eu me cruzar com o Mantorras e lhe perguntar «Então, esse joelho?», ou encontrar o José Eduardo dos Santos e perguntar «Então, essa corrupçãozinha?». Conversas de vizinhos, sabem como é, já que não os há, o melhor mesmo é fingirmos que sim e termos conversas como se os reconhecêssemos como tal.

Se eu fosse pedir alguma coisa a esta grande família, não pediria apenas ovos e sal. Pediria toda a comida. Só desta forma evitava o cheiro nauseabundo que sai daqueles aposentos todos os dias. E, já que estava com a mão na massa, requisitaria também a aparelhagem.

Não que eu não goste de Kizomba aos berros quando estou a tentar adormecer; mas às vezes faz-me dores de cabeça.



por diogohoffbauermdias às 20:34
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

10 comentários:
De Rita M a 26 de Maio de 2009 às 21:12
Ainda existem vizinhos.
Eu ainda os tenho - como por exemplo a famosa familia dos Trocatos ^^


De diogohoffbauermdias a 26 de Maio de 2009 às 21:54
Mais o namorado da Maria João.


De Leandro a 26 de Maio de 2009 às 22:33
Podia ser pior. Podiam ser brasileiros.


De Susana a 26 de Maio de 2009 às 23:05
Os vizinhos agora não passam de pessoas que vemos regularmente entrar e sair do mesmo prédio, já não existem conversas para além do "Ele cresceu tanto! Está um rapagão!" ou do simples e banalizado "Olá".

http://www.youtube.com/watch?v=-tn6g5xBBLE&NR=1


De Teresa Hoffbauer a 26 de Maio de 2009 às 23:09
Diogo e Leandro, vós sóis pura e simplesmente racistas!!!
Ter vizinhos russos ainda é pior, meus amigos.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Ritinha responde ao desafio no "ematejoca azul".
Por exemplo: antes de morrer quero dar uma estalada ao Diogo! Ou já deste, depois do artigo sobre o orgasmo?!



De diogohoffbauermdias a 26 de Maio de 2009 às 23:49
O Leandro é brasileiro. Vai ao blog dele, está na minha lista, é o Leitão a Monte


De Teresa Hoffbauer a 27 de Maio de 2009 às 10:38
Publiquei as respostas da Rita e as minhas também!!!

Estuda o Leandro também Jornalismo? Hoje à noite vou ler os artigos dele.


De diogohoffbauermdias a 27 de Maio de 2009 às 17:55
Sim, o Leandro é um amigo meu de Jornalismo. Boa pessoa, boa pessoa.


De Teresa Hoffbauer a 27 de Maio de 2009 às 00:11
Em resposta ao "Perfume de Muamba" do Diogo Hoffbauer Malheiro Dias



O Dia Europeu do Vizinho é comemorado a 26 de Maio, e foi criado em Paris nos anos 90, com o objectivo de “aproximar” e mobilizar as pessoas contra o isolamento. Hoje alguns anos depois a festa já acontece em vários bairros de Paris, e actualmente também é celebrado em vários países da Europa. O evento é importante no sentido de tornar o convívio entre vizinhos mais ameno e mais amigável, afinal há muitas pessoas que sequer sabem o nome do vizinho; apesar de por vezes ja morarem no edificio há muitos anos.



De Teresa Hoffbauer a 27 de Maio de 2009 às 00:12
A resposta é o vídeo!!!


Comentar post

↘Mais sobre mim
↘Pesquisar neste blog
 
↘Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


↘Posts recentes

Aviso

Partido, Largada, Fugida

Apertado

Reis da Selva

Saltou-lhe a tampa

A idade só pesa sobre os ...

Tal mãe, tal desconhecida

O Donut de Eros

Cabeça para cima, polegar...

Perfume de Muamba

Domingo pouco Desportivo

Os preguiçosos não se tor...

A saúde vem de autocarro ...

Ópios do povo, qual deles...

Um abraço neste Shopping ...

↘Despensa

Junho 2009

Maio 2009

↘tags

todas as tags

↘Links
blogs SAPO
↘subscrever feeds